quinta-feira, 24 de novembro de 2016

CT de Touros recebe o CT de Ceará-Mirim nesta quinta (24)

 

Nesta manhã de quinta (24) o CT de Touros recebeu a visita do CT de Ceará-Mirim, agradecemos a todos pela visita, não há nada melhor para garantir bons resultados e uma maior eficiência nos resultados pretendidos do que trabalhar em parceria.

 

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Mensagem do Conselho Tutelar de Touros

 
O fim de ano está chegando, e as festas de confraternização também, mesmo diante de um momento delicado em que o país enfrenta, não podemos jamais encerrar o ano sem comemorar pelo dom da vida, pela proteção divina, pelas conquistas, pelo livramento que o senhor nos deu até aqui, enfim, vamos adiante, agradecer a Deus por tudo. Nós do Conselho Tutelar de Touros desejamos a todos que fazem o CT de Touros um feliz Natal e um 2017 abençoado pelo altíssimo, desejamos também a todos munícipes uma passagem de ano repleta de bençãos do senhor.



 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Mãe dá resposta sábia após brincadeira maldosa com o filho


O israelense Erez Gaon (foto), de apenas 8 anos, foi alvo de uma brincadeira maldosa de uma colega de escola, referindo-se à condição da pele dele. A mãe da menina, ao invés de repreendê-la, acabou rindo da situação. Erez nasceu com uma condição chamada novo congênito, que leva o corpo a ser coberto por pequenas manchas. Por isso, constantemente, ele é motivo de piadas.

A mãe do garoto, Ruthi Gaon, diz que já está acostumada com as brincadeiras feitas pelas crianças da escola do filho, mas o que a espantou foi a mãe da coleguinha dele ter achado o comentário da menina engraçado, em vez de repreendê-la. Por isso, Ruthi decidiu fazer uma postagem em sua rede social dizendo o quanto desrespeitosa foi aquela atitude.

Após um texto repleto de elogios ao filho, ela finaliza: “E a essa mãe eu digo, caso esse post chegue até você, que eu lhe perdoo, graças ao meu filho querido, que me ensina a ser uma pessoa melhor todos os dias. Desejo o mesmo a você.”

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus.” Lucas 6.44

Ruthi foi sábia e agiu conforme o versículo bíblico citado acima, exatamente como Deus nos ensina e deseja que façamos. Amar o amigo, aquele que nos trata bem, é fácil. Difícil é amar o inimigo e ter discernimento para perdoar quem nos ofende, seja com palavras ou atitudes grosseiras.

Fonte: http://www.universal.org/

Abuso dentro da igreja


Por mais que campanhas sejam feitas contra a pedofilia, os pedófilos continuam em ação. Um caso recente, ocorrido na cidade de Montes Claros, em Minas Gerais, chamou atenção da imprensa nas últimas semanas.

Uma menina de 5 anos foi agredida sexualmente pelo pastor da igreja que frequentava com a família. O pastor dava aulas de inglês na instituição religiosa e a criança era uma de suas alunas.

Segundo a polícia, a garotinha não falava dos abusos com ninguém, pois era ameaçada pelo pedófilo. Enquanto mantinha o silêncio, a menina desenhava para exteriorizar os traumas e a dor que enfrentava. Ao encontrar os desenhos, a família foi tirar satisfações com o pastor e as demais autoridades da igreja. O caso foi parar na delegacia.

João da Silva, como foi identificado o agressor, tem 54 anos e é formado em letras, motivo pelo qual dava aulas de inglês. A menina contou que ele a despia, colocava-a em um berço, tirava suas próprias roupas e abusava dela. Com o tempo, a garotinha começou a apresentar um comportamento esquivo, principalmente diante de outros homens.

Na igreja, João alegou estar arrependido para o pai da criança e o pastor principal. Na delegacia, ele alegou inocência – talvez orientado por seu advogado, segundo o noticiário local. Ele perdeu a função de pastor secundário, foi expulso da congregação e está temporariamente preso. A polícia investiga se há outras vítimas e vasculha o passado do abusador, que é separado e pai de dois filhos.

A descoberta

Como a menina passou a apresentar um comportamento arredio, os pais a levaram a uma psicóloga, que os aconselhou a procurar algo diferente nos pertences da pequena. Como ela gosta muito de desenhar, acharam os desenhos em que sempre apareciam duas pessoas: a maior sorrindo e a menor chorando em todas as figuras.

Quando começou a não querer mais ir às aulas de inglês, um pouco antes, dizia que era porque “o tio João fazia bobagens”. Nem sozinha com o pai ela queria ficar mais. Foi quando o caso foi descoberto.

Infelizmente, os casos de pedofilia não são poucos e os cenários variam bastante: igrejas, escolas, clubes, creches e até mesmo dentro de casa. São justamente locais que parecem seguros e em que os filhos estariam protegidos, mas é preciso estar sempre atento.

Vale a antiga regra: os melhores olhos para vigiar uma criança são os dos pais ou responsáveis e qualquer mudança no comportamento dos pequenos deve ser averiguado por especialistas.

No caso da menina de Montes Claros, os pais agiram certo ao apresentar o ocorrido às autoridades, que já estão tomando as providências cabíveis. O casal mineiro procurou os órgãos competentes, que agora podem investigar se há mais vítimas e prestar a elas o devido auxílio.

Fonte: http://www.universal.org/

Como lidar com a automutilação na adolescência?

Imagem relacionada

Os jovens negam, tentam esconder, os pais quando descobrem entram em choque, os médicos alertam é um fenômeno social que afeta 20% dos jovens do mundo, e já virou problema de saúde pública no Brasil. Quando a autoajuda não resolve, a automedicação é um perigo, tanta falta de confiança, a solução não é automática, mas existe. Percebe-se que as lesões são decorrentes das dificuldades que o adolescente tem de falar de seus sentimentos, a lesão acaba sendo a via que a pessoa tem para pedir ajuda. A automutilação também pode está ligada a outros distúrbios depressivos, só um médico pode dizer a gravidade, embora qualquer um pode identificar os sinais que algo está errado. A automatização não é um fenômeno novo, a música “Clarice” foi lançada em 1997 e até hoje é como se fosse um hino para quem se automutila em busca de alívio. Os especialistas fazem uma ligação entre a automutilação e o bullying. Em Touros conheci um adolescente que se automutilava, ao reconhecer este jovem com os braços mutilados nas redes sociais procurei imediatamente conversar com ele, percebi que a falta de amor, de carinho e de orientações da mãe proporcionou as lesões. Uma sugestão para esses jovens seria um caderno de anotações para registrar as angústias, os medos e os anseios, lembro que na minha adolescência eu registrava todas as minhas aflições no fim da minha bíblia, no campo de anotações.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Dia do Conselheiro Tutelar

 
O dia do Conselheiro Tutelar é celebrado no dia 18 de Novembro. A função de Conselheiro Tutelar foi criada em Julho de 1990, juntamente com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Um Conselheiro Tutelar deve lutar pelos direitos das crianças e adolescentes da nossa comunidade. Este cargo público implica exercer o papel de educador e orientador dos mais jovens, criando iniciativas que potenciem o desenvolvimento de crianças e adolescentes. Deve ter um apurado sentido de ética e determinação para gerir conflitos que possam aparecer durante o seu trabalho.
Um Conselheiro Tutelar faz parte de um Conselho Tutelar, um órgão permanente e autônomo, criado de acordo com o artigo 131 do ECA. Para exercer esta tarefa de grande responsabilidade, os candidatos devem prestar uma prova de seleção. Os conselheiros são eleitos de quatro em quatro anos, pela comunidade do município onde o conselheiro vai atuar. Em 2012 os Conselheiros Tutelares foram reconhecidos a nível legal, sendo que foi estabelecido que precisam de uma remuneração e formação contínua ao longo da carreira.
Em Touros, os conselheiros são Paulo Emídio da Silva JúniorAlzenir Nascimento PereiraMiguel Joaquim Bezerra FilhoJoão Nelo de Oliveira e Mônica Maria Gomes Alves do Nascimento, sendo esta última conselheira a presidente atual do Conselho Tutelar de Touros, todos foram eleitos no pleito direto no dia 04 de outubro de 2015, atuando entre 2016 e 2019.

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Conselho Tutelar de Touros se reuniu nesta sexta(11) para traçar metas

 

Nesta sexta(11) o Conselho Tutelar de Touros se reuniu para traçar metas para o fim de ano, bem como para o ano vindouro. Vale frisar que foram debatidos questões internas, externas e os projetos que serão trabalhados em 2017 em prol das crianças e adolescentes do município de Touros. Tendo em vista que no Art. 18. do Estatuto da Criança e Adolescente dispõe que "é dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor".